Você está tendo problemas para chegar ao orgasmo?


Um guia para as mulheres

O orgasmo é uma resposta muito mais automática para os homens do que para as mulheres.

Fonte: Escrito por Christine Webber psicoterapeuta e coach de vida e Dr. David Delvin, GP e especialista em planejamento familiar traduzido por Manoel nilo docarmo

“O gozo ‘que não é fácil, se você é uma mulher.

Quase todos os homens podem atingir o clímax sem dificuldade, mas as mulheres simplesmente não são construídas dessa forma. Infelizmente, nem todas sabem este fato muito importante – mesmo no seculo 21.

Isto é em parte porque os livros, filmes e acima de tudo pornografia na Internet pintam um quadro em que as fêmeas atuais são quentes e ansiosas para gozar, e vivem em um estado quase constante de êxtase sexual.

Este retrato impreciso pode levar a adolescentes de hoje e pessoas com 20 e poucos anos que acreditam que há algo de errado com elas, se elas não podem atingir o clímax no fim.

Veja também


A verdade contudo, é que a maior parte delas são absolutamente normais.

Curiosamente, apenas uma geração atrás, muitos médicos acreditavam que uma alta proporção da população feminina simplesmente não poderia culminar em Gozo.

Por que eles pensavam assim?

Simplesmente porque a maioria deles teve pouco ou nenhum treinamento em medicina sexual.

Além disso, a maioria deles estavam envergonhado de falar sobre sexo, com eles mesmos, que tentavam evitar discutir com seus pacientes.

Além disso, uma vez que as mulheres não precisam chegar ao clímax, a fim de conceber, a maioria dos médicos não classificaria a importância do orgasmo feminino muito.

Nova atitude

Felizmente, em 2011, a maioria dos médicos tomaram uma atitude muito diferente. Isso porque agora eles estão familiarizados com os resultados de estudos realizados por pesquisadores sexuais americanos Kinsey, Masters e Johnson, Shere Hite e outros.

Além disso, nos últimos 20 anos, houve uma série de pesquisas sexuais realizados com grandes amostras de pessoas por meio de jornais e revistas.

Os resultados dessas pesquisas têm levado a tampa da vida sexual do grande público.

Agora nós sabemos que praticamente qualquer mulher pode atingir o clímax e de fato têm múltiplos clímax se as circunstâncias de sua vida são certas.

E essas circunstâncias geralmente incluem ter um carinho, compreensão parceiro que é conhecedor sobre sexo e que usa esse conhecimento para ajudá-la a relaxar e para atingir o orgasmo.

Como já disse, o orgasmo é uma resposta muito mais automática para os homens do que para mulheres.

E seria verdade dizer que em homens muitos uma capacidade de clímax não tem necessariamente de ser ligado a sentimentos de amor e romance.

Mas as mulheres mais comumente acham que a sua confiança sexual e flores de competência quando se sentem amadas e apreciados.

É claro que hoje em dia existem mulheres jovens que partiram para ter tanto descompromissado e descomplicado sexo como os homens jovens. Mas eles ainda são a minoria.

E descobrimos que muitos dessas jovens estão secretamente bastante infelizes.

Mas, para entender mais sobre o orgasmo feminino, vamos voltar para o início da vida sexual de uma mulher.

Os inícios

Um monte de mulheres jovens estão preocupados com a sua falta de capacidade de “gozar”. Mas o fato é que, ao contrário dos homens, a maioria das mulheres tem que aprender a atingir o orgasmo.

Nossa pesquisa mostra que a maioria das mulheres mais jovens não conseguem chegar ao clímax até muito tempo depois de terem iniciado a actividade sexual. Além disso, quando se “goza” a primeira vez, fazem-no de uma variedade de maneiras.

Em uma pesquisa que fizemos para o nosso livro The Big ‘O’, descobrimos que:

47 por cento gozam pela primeira vez através da masturbação

32 por cento através de relações sexuais

20 por cento através de petting

1 por cento durante o sono.

Na mesma pesquisa, descobrimos que a idade mais comum de primeiro orgasmo aos 18 anos, mas que também poderia ser tão tarde quanto os anos 40!

Os anos 20 e 30

Mesmo em seus 20s e 30s, muitas mulheres têm dificuldade em atingir o orgasmo indescritível.

Estes dias, a maioria dos terapeutas sexuais acredita que se você não pode gozar (ou não clímax facilmente), é uma boa idéia para começar a praticar por conta própria.

Isto pode parecer óbvio, mas muitas mulheres, ainda hoje, se sentem inibidos sobre o amor-próprio e não podem deixar de sentir que não é algo que deve ser feito.

Mas masturbando a ajuda a saber exatamente o que as pressões e os ritmos que você precisa, a fim de levá-la ao orgasmo. Assim, pode ser realmente útil.

Você também pode encontrá útil, assistir a algum tipo de educação sexual em DVD, como Selfloving Betty Dodson.

Depois de ter aprendido a gozar facilmente por si própria, então você pode mostrar o seu parceiro exatamente do que você precisa para fazer você gozar.

Naturalmente, isto pode sentir embaraçoso em primeiro lugar.

Mas o primeiro passo no cumprimento com um parceiro é comunicar seus sentimentos para ele e também para comunicar como você gosta que seu corpo seja tocado.

Quando você não consegue encontrar as palavras, use carícias.

Mas também tentar construir um vocabulário com o seu parceiro que é fácil de usar.

Um monte de casais não encontram falhas na suas vidas sexuais simplesmente porque eles não têm a linguagem certa. E dizendo: “Você poderia esfregar meu … e … e? não é específica o suficiente para ser útil.

Algumas mulheres, aliás, atingem o orgasmo muito mais fácil, com a ajuda de um vibrador.

E hoje em dia existem vários excelentes negócios e lojas que vendem por e-mail on-line, dirigidas a mulheres para mulheres, que vendem ajudas de boa qualidade de produtos para o sexo que trabalham realmente.

Eles também vendem literatura lingerie, erótico e lubrificação. Eles são igualmente úteis para as mulheres homossexuais e heterossexuais.

Dois dos melhores dessas empresas são:

procuramos lojas brasileiras entre em contato se você conhece uma boa loja no Brasil ou Portugal

No momento em que você está em seu 30s, 40s ou 50s:

você deve ser capaz de atingir o orgasmo com bastante facilidade desde que você tem um parceiro com compreensão amorosa.

Mas lembre-se que a maioria das mulheres acham que a sua capacidade de clímax varia de acordo com que parte de seu ciclo menstrual que elas estão dentro

É bastante comum para uma mulher se sentir mais orgasmo no meio do caminho através de seu ciclo.

Mas algumas mulheres se sentem particularmente pouco ligadas, antes de um período. Outras notam que elas realmente não sentem como fazer o sexo em durante alguns momentos do mês. Tudo isso é normal.

Mas se você ainda não está tendo nenhum orgasmos, ou se você ainda está tendo dificuldade enorme ‘chegar lá’  você pode querer procurar a ajuda de um terapeuta sexual experiente.

Nosso artigo “Quem contactar para a terapia sexual” vai ajudar você a encontrar a pessoa certa.

Vários tipos de orgasmo

Graças a Freud, o pai da psicanálise, as pessoas costumavam acreditar que orgasmos vaginais eram o que tinham mulheres maduras, enquanto orgasmo clitoriano eram o que as mulheres jovens tinham.

Especialistas não acreditam nisso.

E muitos especialistas de hoje sobre sexo, assim como as mulheres comuns, dizer que elas realmente não sabem a diferença entre um orgasmo vaginal e um clitoriano.

A maioria das mulheres precisam de estimulação do clitóris, a fim de atingirem um clímax. Isto aplica-se se elas estão desfrutando de  loveplay ou relação sexual.

Algumas mulheres, por outro lado, acreditam que podem “Gozar” através de relações sexuais sem estimulação manual do clitóris e afirmam que é a própria vagina que desencadeia o orgasmo.

Mas especialistas sobre sexo muitos pensam que o que está acontecendo durante a relação sexual é o clitóris está sendo estimulado por ser puxado para baixo ou ser friccionada por parte do torso do homem.

Há também o ponto G a considerar.

Algumas mulheres experimentam um orgasmo especialmente intenso quando essa parte de sua anatomia é estimulada (você pode encontrar o ponto G eM você, na parede frontal da vagina).

Na verdade, muitas mulheres que gostam de ter seus G-spots tocado alegão de que elas ejacular durante esses orgasmos intensos.

Então, pode haver um caso para dizer que há um orgasmo do ponto G, bem como, possivelmente, um normal e um orgasmo que se origina no clitóris.

Nosso sentimento sobre tudo isso é que ele realmente não importa se existem ou não diferentes tipos de orgasmos.

O importante é que você deve estar tendo bons e confiáveis orgasmos sempre que quiser e você deve estar gostando deles.

Orgasmo simultâneo

Um monte de mulheres nos escreve reclamando que elas não podem atingir o orgasmo simultâneo com seus parceiros.

Mas, na verdade, o orgasmo simultâneo é bastante incomum. Pesquisas realizadas pelo Serviço de Informação Médica e outros descobriram que a maioria das mulheres raramente clímax exatamente o mesmo tempo que os seus parceiros.

  • No entanto, certamente é bom quando isso acontece.

E isso pode ser alcançado se o homem tem um bom controle de seu próprio orgasmo e se ele é hábil em usar seus dedos durante a relação sexual para levar a mulher a um clímax justamente no mesmo momento em que ele vem.

Ou mesmo, se ela escolhe usar seus próprios dedos para estimular a si mesma, de modo que o clímax juntos.

Orgasmos múltiplos

Até anos muito recentes, os médicos acreditavam que apenas uma pequena minoria das mulheres poderiam ter orgasmos múltiplos.

Mas a pesquisa pelo Serviço de Informação Médica e outros mostrou que, de fato, a maioria das mulheres pode ter uma série de clímax, um após o outro, se, isto é, se elas estão felizes e relaxadas na relação e se o parceiro está disposto para estimulá-las a “gozar” de novo e de novo.

Por favor, note que a capacidade de ter orgasmos múltiplos aumenta com a idade. Não é comum com a idade de 20, mas muitas mulheres na faixa dos 40, 50 e 60 pode te-lo.

Orgasmos em meados de vida

Como já disse, a capacidade de uma mulher de chegar ao clímax tende a melhorar com a idade.

Mas sabemos que algumas mulheres ficam bem em meados de vida antes que elas conseguem ter um orgasmo. Mas o importante é que você nunca deve considerá-lo como “demasiado tarde”.

Tempo e novamente ouvimos de mulheres que aprenderam ao orgasmo quando estavam na faixa dos 40, 50 anos – e ainda mais tarde.

Em fevereiro de 2009, na Sociedade Real de Medicina, [dinamarquês psicossexual terapeuta] Pia Struck apresentou os resultados de um estudo que ela tinha feito de 500 mulheres.

Essas mulheres todas tinham uma longa história de dificuldades com o orgasmo e 25 por cento deles nunca tinha gozado. As idades variaram de 18 a 88.

Eles foram tratados com o uso de terapia de grupo, onde eles foram incentivados a pensar mais positivamente sobre seus genitais e para saber a aceitação da sua sexualidade através do toque.

Elas também embarcou na prática do sexo-terapia usando vibradores clitorianos.

Dessas mulheres: 465 (93 por cento) teve um orgasmo que foi testemunhado por um terapeuta. E relatou-se que as mulheres pós-menopáusicas entre elas eram tão capazes de atingir o orgasmo, como os participantes mais jovens no estudo. Então, claramente, você nunca está velha demais para se tornar orgástica.

Não pode ser, obviamente, outros problemas na meia-idade, em torno do tempo da menopausa. A maioria destas dificuldades ocorrem por causa de todas as alterações hormonais que ocorrem no corpo. E é extremamente comum que as mulheres ‘tem orgasmo’ sexo temporariamente – simplesmente porque se torna muito o seco e desconfortável.

Felizmente, existem todos os tipos de formas de remediar esta hoje em dia. Há boas over-the-counter lubrificantes, tais como Wet, Seda, Astroglide, Senselle e geléia KY. Estes são adequados, a propósito, para qualquer idade da mulher.

Em meados de vida, há também a opção de ir na terapia de reposição hormonal (TRH). Mas isso é algo que qualquer mulher deve pensar com muito cuidado,  fato.

Até recentemente, acreditava-se que a TRH ajudou uma mulher a sentir-se muito melhor em geral e para se sentir mais sexy, em particular. No entanto, o quadro mudou significativamente.

Uma extensa pesquisa sobre HRT agora sugere que embora ainda eficaz para livrar uma mulher de desagradáveis sintomas da menopausa – como ondas de calor e  ataques  suor não é seguro para uso a longo prazo.

Então, definitivamente não deve ser visto como um elixir da juventude mágica, que você começar a tomar na menopausa e continuar até que você esteja velha.

Hoje em dia, muitas mulheres acham que os suplementos de saúde, como a soja eo trevo vermelho, também aliviar os sintomas da menopausa e realmente ajudá-los a se sentir mais jovem e em forma também.

Esses tipos de suplementos estão disponíveis em farmácias de rua, como botas e Lloyds e também em lojas de alimentos saudáveis.

Como os homens podem ajudar?

Lembre-se que a maioria das mulheres precisam de estimulação do clitóris. Esta é a parte delas, que teria se transformado em um pênis, se tivessem desenvolvido como homens – e é tão importante para as mulheres, como o pênis é para um homem.

Lembre-se de que o amor, romance, carinho e uma mulher tras uma boa atmosfera nos estágios iniciais de uma sessão de sexo, tanto quanto suas carícias fazem.

Fique à vontade.

Acariciar seus seios algumas mulheres aprendem a clímax através carícias nas mamas sozinhas.

Dê a elas sexo oral.

A maioria das mulheres adoram isso e alguns afirmam que elas não podem gozar a menos que um homem vai para baixo ” nelas.

Não seja orgulhoso demais para pedir-la para mostrar o que ela quer.

Não hesite em usar um vibrador, se ela gosta da idéia. ‘Vibradores língua “O novo pode ser útil.

Ter algumas sessões de sexo, onde você incentiva ela a tomar a iniciativa e decidir a ordem do dia.

Se você perder o controle e veio antes dela, tente chamar um pouco de energia para beijar e estimular a ela, para que ela possa clímax também.

Diga a ela que ela é maravilhosa, sexy e bonita.

Resumindo

Ter um orgasmo é uma sensação maravilhosa. Você tem direito a ela.

Mas não é fácil de fazer se você estiver tensa, cansada, estressada ou infeliz em seu relacionamento.

Em caso de dúvida, procure a ajuda de um consultor especialista.

Author: comsudebrasil

Nosso abjetivo. Queremos romper a "barreira da linguagem médica" entre o médico e o paciente, Com Informações médicas. Informações devem ser apresentados em uma linguagem clara e compreensível para que o paciente compreenda suas escolhas e decisões. Em última análise, é o paciente quem deve tomar as decisões de saúde. Acreditamos que no futuro, o mundo da medicina será dominada por um novo paciente um que procura a informação crítica sobre saúde na Internet - e que isso vai levar a um novo tipo de médico, um medico que deve ajudar o paciente a avaliar a qualidade dessas informações. A comsaudebrasil está empenhada em ajudar ambas as partes, em sua busca. comsaudebrasil é uma colaboração entre médicos comprometidos, e profissionais de saúde, especialistas em informação e pacientes que acreditam que a prática médica deve ser baseada em uma avaliação qualitativa a informação e, sempre que possível, com base nos princípios da medicina baseada em evidências. Aqui está a sua fonte de informações sobre saúde, dicas e idéias, tudo em um so lugar. A onde comer bem e fazer exercicio e fundamental para uma vida saudavel e alegre. Ferramentas para o planejamento de refeições e como permanecer ativo. Encontre uma grande guantidade de recursos e informações para cuidar da sua condiçaõ de saúde Comer Bem, Passar Bem, Viver Bem ... Remove Seu Compromisso a um estilo de vida

Share This Post On
Share This

Share This

Share this post with your friends!